Publicado em 1 comentário

EU TENHO MÁTRIA

Estamos fazendo brincadeiras nos zaps trocados entre amigos e familiares. Hahaha, eu digo, tu dizes, eles dizem. Hoje, embaixo da notícia principal, vinha na tarja vermelha “os cartórios estimam os óbitos em 173% a mais”. Em vez de sete mil, estaremos próximos dos vinte mil.

Vinte mil avós, avôs, irmãos, tios, pais, pais, filhos, netos, amigos. Marias e Clarices chorando nas tumbas de caixões, cheios de carne conhecida, que não precisavam estar lá. Nossa, você não pode pensar assim. Sim, posso pensar, sim. Pensar é livre pensar. O pensamento não é aprisionante, não é aprisionado se solto para livre

pensar. No meu pensamento, acho que a morte de minha mãe, aos oitenta e sete anos, por uma leucemia mieloide aguda, foi antecipada. Gostaria que ela vivesse mais dez, quinze anos. Sinto a sua falta. Sou órfã, desde então. A morte do pai me deu força para a vida. Me deu coragem e literatura para todo o
sempre. A morte da mãe, me deixou órfã. Sabe o que é isso? Claro que sabe. Já perdeu alguém. Eu, a que cuida, a que resolve, a que acalma e tranquiliza, não tenho mais alguém que me cuide (desculpem-me filhas e marido e família, mas é diferente). Sabe aquela coisa de dizer, mãe, hoje estou triste. Ou, Mama, sabe o que eu fiz? Nunca mais. Tá certo, a quarentena deixa a gente emocional, mole mesmo. Mas o que me deixa mais triste, é que com essa crise na saúde (que não é de hoje no país), nós tenhamos de lidar com uma crise política. A falta de
rumo político é o que me deixa deprimida. Tem quem fique discutindo a volta ao poder do comunismo. Citam ato institucional como se fosse tabuada do dois. Pessoas na frente do planalto agredindo profissionais da saúde. Pessoas chutando jornalistas. Que mundo é este?
Este é o mundo que você quer para o seu filho? Pense longe. Daqui a vinte anos. Como vai querer ser lembrado? Sua filha vai sentir sua falta, quando morrer aos 70, por descuido? Seus netos vão chorar, por você não ter guardado o isolamento? Consciência é pouco. Eu tenho mátria. Meu pai levo comigo. Esta pátria não me leva.

Um comentário sobre “EU TENHO MÁTRIA

  1. Olá, isso é um comentário.
    Para começar a moderar, editar e excluir comentários, visite a tela de Comentários no painel.
    Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.

Os comentários estão fechados.